Torre-energia-Ilustra.jpg

Energia elétrica fica mais cara em agosto, com bandeira vermelha

A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) aprovou o último dia 26 de julho a entrada da bandeira tarifária vermelha já para o mês de agosto.  Isso equivale ao patamar 1 e cobrança extra de R$ 4 para cada 100 quilowatts-hora consumidos, um aumento expressivo em relação a bandeira amarela praticada em julho, com cobrança de R$ 1,50 a cada 100 quilowatts consumidos. 

A medida foi tomada, de acordo com a agência, pela possibilidade de aumento no acionamento das usinas termoelétricas, que tem custo de energia mais alto. A diminuição do volume de chuvas, com a chegada da estação seca, também pesou na decisão. 

Ocorre que em maio, conforme anunciamos aqui no site, a Aneel aprovou um reajuste no valor das bandeiras tarifárias, quando a bandeira vermelha passou de R$ 3 para R$ 4 a cada 100 quilowatts-hora de consumo. 

Na avaliação do diretor comercial da Sonergy Brasil, Maycon Pereira, a única forma de fugir desses aumentos é investindo em energias de fontes renováveis, como a fotovoltaica. “Além de não ficar a mercê dos aumentos da ANEEL, o consumidor tem autossuficiência na produção de energia”, destaca, lembrando que a implantação do sistema é rápida e os custos estão cada vez mais acessíveis. “Aqui na Sonergy Brasil temos percebido um aumento considerável na demanda por orçamentos e isso se acentua quando o preço da energia elétrica sofre aumentos, como este agora”, finaliza.   

Avenida Doutor Luiz Teixeira Mendes, 3105
Zona 05, Maringá - PR | 87015-001

Telefone:
+55 44 3224-8160
+55 44 9 9115-4400

E-mail:
contato@sonergybrasil.com.br

Avenida Doutor Luiz Teixeira Mendes, 3105
Zona 05, Maringá - PR | 87015-001

Telefone:
+55 44 3224-8160
+55 44 9 9115-4400

E-mail:
contato@sonergybrasil.com.br